quarta-feira, 1 de agosto de 2018

[Review] Kuzo no Honkai é um anime bonitinho, mas poderia ter acabado melhor!



Olá meus queridos leitores, como vocês estão?
Hoje vim aqui falar de um anime que tentou acabar com o meu tédio, nessa semana em que fiquei gripada, e não conseguia fazer nada, além de ficar deitada, um anime que é lindo visualmente, e que tem uma história que todo mundo vai se identificar pelo menos um pouquinho, sim, estou falando de “Kuzo no Honkai”!

Então vamos a sinopse!


"Yasuraoka Hanabi e Awaya Mugi parecem ser o casal escolar ideal, mas, ambos gostam de uma outra pessoa. Yasuraoka gosta de Kanai Narumi desde criança e Awaya gosta de sua professora particular Minagawa Akane.

Como casal, Yasuraoka e Awaya possuem 3 condições: Eles não devem gostar um do outro, eles desmancharão o namoro se um dos dois tiver sucesso com o amor secreto que cada um tem e eles preencherão os desejos físicos um do outro." 
Fonte da sinopse >aqui<


Agora que você já sabe mais ou menos a história, vamos falar da trinca de personagens importantes!


 Hanabi Yasuraoka 


Hanabi Yasuraoka
Começando pela personagem principal, Hanabi Yasuraoka, que nutre um amor não correspondido, pelo seu professor e amigo de infância, Narumi Kanai, que é um moço muito bonito, inteligente e de personalidade muito amável (o que ajuda a explicar a paixão da menina), mas que só a vê como uma irmãzinha.
A Hanabi é uma garota carente, que ainda não aprendeu a lidar direito com seus sentimentos, e que acaba indo procurar conforto físico em seu colega, Mugi, que também se encontra na mesma situação que ela. E além dela ter um amor não correspondido, ela é o amor não correspondido de sua melhor (e única) amiga, Sanae,  que em alguns momentos até tenta se aproveitar da carência de Hanabi, para se aproximar mais dela e ter alguns benefícios hehe...

Mugi Awaya


Esse aqui é o Mugi, nosso personagem principal masculino, que também nutre um amor não correspondido por sua professora Akane Minagawa, e sabendo que não tem muitas chances com ela, ele acaba por procurar conforto físico na Hanabi, como já citei lá em cima. E bom, ele parece menos confuso do que a Hanabi, talvez pelo fato dele já estar passando pela situação de procurar conforto em outras pessoas a mais tempo que ela, ou pelo fato dele já ter descoberto sua sexualidade, enquanto a Hanabi ainda está explorando isso...


Akane Minagawa


E por último, mas não menos importante, a professora Akane Minagawa, que acaba sendo a vilã da história. Ela é aquele tipo de mulher que se faz de fofa e boazinha, mas no fundo é uma cobra que gosta de usar as pessoas, e se diverte magoando as mulheres, e o professor Akane, assim como o Mugi, são apaixonados por ela, que não quer saber de nenhum, mas assim que percebe que a Hanabi gosta do Akane, passa a sair com ele, mesmo achando ele um chato, e mais pro final da história, acaba saindo até com o Mugi.

xx

...Agora que você já conhece os personagens relevantes, vamos falar mais da história em si...


Basicamente a história gira em torno de descoberta de sentimentos, e ver a Hanabi tentando se descobrir, e tentar enfrentar todos esses problemas, que parecem bobos, mas que na adolescência parecem o fim do mundo, é realmente interessante, você acaba torcendo pela personagem, e tomando as dores dela, é quase impossível não se identificar pelo menos um pouquinho com ela, pois todos já passamos por pelo menos uma das situações que ela está passando. E ao mesmo tempo que vamos acompanhando ela, vamos acompanhando outros personagens com problemas extremamente semelhantes, mas que estão lidando de outras formas com eles, e isso acaba se tornando o ponto forte da história, mas também acaba sendo seu ponto fraco, já que acompanhar tantos personagens se desenvolvendo, com o tempo acaba se tornando entediante, principalmente quando você não se importa muito com algum deles.

Kuzo no Honkai” é um anime que nos faz experimentar todos os tipos de sentimentos e sensações, e termina bem fechadinho, mostrando a evolução de cada personagem, o único problema é que ele termina passando a ideia de que você só vai ser feliz de verdade quando encontrar seu verdadeiro amor, Mugi e Hanabi, poderiam ter terminado juntos, já que ambos descobrem no final ter um sentimento muito bonito entre eles, ou poderiam ter terminado como amigos mesmo, tentando se ajudar, agora que os dois não procuram apenas conforto físico, mas também procuram alguém para compartilhar seus sentimentos em palavras, ou sei lá, poderiam ter terminado a história descobrindo que eles não precisam de outra pessoa para preencher o vazio que eles sentem, e que eles podem ser felizes sozinhos, se auto descobrindo, mas não, eles decidem cortar contato um com o outro, e ir em busca de seu verdadeiro amor, como se essa fosse a única coisa que pudesse preencher o vazio deles.


Ah outra coisa que eu gostaria muito de destacar, é o designe dos personagens, que a primeira vista, pode parecer simples, mas não é, toda vez que foca nos olhos dos personagens, é como se estivéssemos vendo uma constelação, principalmente nos olhos da Hanabi!


Enfim, esse é um anime que provavelmente não deve ser recomendável para todas as idades, devido ao seu conteúdo sexual, então antes de assistir dê uma checada na classificação indicativa hehe...

Agora a pergunta final: “Vale a pena assistir Kuzo no Honkai?” Sim, vale a pena, é um anime curtinho, com personagens surpreendentes e com uma história bacana, só o final que é um pouco fraquinho!


Nota final para o anime: 08,5.

 ---FIM!---

Espero que tenham gostado!

Deixe aí nos comentários o que achou da postagem, e se você já assistiu ou se pretende assistir esse anime!

~Kissus!

Até a próxima postagem!

terça-feira, 24 de julho de 2018

World Pop Festival 2018: Como foi?


Olá meus queridos e amados leitores, como vocês estão?

Finalmente estou de volta depois de quase dois meses sem postar nada (juro que tive motivos para estar sumida, mas isso é assunto para outra hora), hoje vim falar de um evento muito bacana que fui nesse fim de semana, o "World Pop Festival"!

Então vamos lá!


A ida e a chegada!

Eu, minha prima e meu tio nos aventuramos para ir nesse evento, tivemos que ir por conta própria, já que nos 45 segundos do último tempo a caravana desistiu de ir, mas o SUPER TIO decidiu que nós iriamos do mesmo jeito, e começou a pesquisar mais como chegar no evento.
A ida foi bem de boa, pegamos o ônibus ás 08:30, e chegamos em São Paulo umas 11hrs mais ou menos, pegamos o metrô e depois outro ônibus para chegar ao evento, levamos mais ou menos uns 40 minutos para chegar ao local, foi bem bacana, e no caminho ainda conhecemos um amigo que estava indo ao WPF, para participar de uma das atrações!

Lojinhas de kpop, animes e mangás!

Minhas comprinhas hehe...

Tinha muitas lojas no evento, e elas possuíam preços e produtos bem variados, de modo geral as coisas estavam baratas até! Com exceção de uma das barracas onde a doida da mulher não decidia o preço das coisas, e cada vez que eu voltava lá, ela aumentava o valor das coisas que eu queria comprar (a meia calça de gatinho primeiro tava 16,00 reais, depois subiu para 20,00 e depois quando voltei de novo já estava 25,00, então acabei desistindo da compra, pelo simples fato da mulher ser loucona).

Minha cara quando descobri que ela tinha aumentado o preço quando voltei para comprar.
Porém apesar dos preços baixos acabei comprando poucas coisas, comprei dois mangás ("O Jardim das Palavras" e "Fallen Moon", ambos por 16,00 reais), duas histórias em quadrinhos, que saíram cada uma por 05,00 reais, um pôster da "Viagem de Shihiro" por 05,00 reais, um conjuntinho que vinha com orelhas de gatinho, rabinho e luvinhas, que primeiro custavam 30,00 e depois quando voltei a mulher aumentou para 40,00, aí quando voltei de novo, ela fez por 35,00 (a mesma velha doida da meia de gatinho) eeeeee ganhei um copo bem legal de uma banda rock!
Eu até queria ter comprado mais coisas, mas estou guardando dinheiro para fazer algo especial, mas de modo geral tinha muitas lojas vendendo coisas em geral, but, nenhuma loja de kpop estava realmente interessante, já que 98% do estoque delas era apenas do BTS e do BLACKPINK, só encontrei um colarzinho do Block B e ainda era mal feito 😓.

Outras atrações: BWF (Brazilian Wrestling Federation) - Luta Livre!


Essa foi de longe minha atração favorita do evento já que como havia citado em várias postagens aqui no blogue, eu sou muito fã de luta livre, e assistir assim de pertinho foi muito impressionante!
Estava tendo também um workshop onde os lutadores estavam ensinando para algumas pessoas como se fazia alguns golpes e tals, e eu queria muito ir, porém estava com dor de cabeça por não ter dormido a noite direito, então acabei não indo #arrependida.
Ah e eu acabei fazendo amizade com alguns dos lutadores e eles eram realmente muito legais e simpáticos (inclusive o carinha que citei lá em cima, que conheci no ônibus, era um dos lutadores).

Eu estava assim por dentro, enquanto assistia as lutas!

Pontos ruins do evento

A única coisa que eu achei que o WPF decepcionou um pouquinho, foi no local que escolheram para fazer o evento, a estrutura era realmente ruim, parecia um lugar abandonado, no banheiro feminino não tinha iluminação (não sei se consertaram isso no final do evento, mas no início estava sem), o local reservado para alimentação era muito aberto, então quando ventava, voava poeira/areia na gente, além de que boa parte do local era mal iluminado.

Menção honrosa:

 Revi o escritor/desenhista Raul Muradi, que me vendeu dois livros/hqs ano passado, e que foi muito simpático comigo e com minha prima, esse ano eu queria comprar o outro livro que ele estava vendendo, mas infelizmente eu não estava podendo gastar muito dinheiro, mas enfim, recomendo muito as obras dele para todas as pessoas!


--- x ---

Enfim, acho que isso é tudo que eu tenho para falar desse evento, dessa vez por não ter ido de caravana, acabamos ficando pouco tempo lá, então não deu para aproveitar tanto quanto eu queria, mas me diverti bastante!

Não foi o melhor evento que fui, e também não foi o pior, acho que daria uma nota 08 para ele!

Espero que tenham gostado dessa postagem, e me desculpem pela falta de fotos nela, eu e minha prima estávamos tão animadas que nem lembramos de tirar fotos hehe...

Até a próxima postagem!

~Kissus!

quinta-feira, 17 de maio de 2018

"Vingadores - Guerra Infinita" é melhor que "Vingadores - Era de Ultron", e apenas minha opinião importa


Após outro sumiço, decidi voltar ao blogue para falar sobre um dos filmes mais icônicos lançados nos últimos tempos: “Vingadores Guerra Infinita”!
Eu assisti ele no sábado (12/05), e estava cheia de expectativas já que o filme contava com meus personagens favoritos do Universo Marvel (Homem de Ferro e todos os personagens do Guardiões da Galaxia), mas ao mesmo tempo estava com “um pé atras” já que muitas pessoas estavam criticando o filme, e dizendo que não valia a pena pagar 30,00 reais para vê-lo no cinema (sim, uma das minhas amigas até disse que o filme era uma merda)... Então agora é hora de eu dar meu veredito final e dizer se o filme é ou não é bom, lembrando que nesse blogue a única coisa que realmente importa é minha opinião, pois aqui “EU SOU A LEI!


Sinopse:



"Enquanto os Vingadores e seus aliados continuam protegendo o mundo de ameaças muito grandes que nenhum herói consegue enfrentar sozinho, um novo perigo surge das sombras do cosmo: Thanos. Um déspota com má-fama intergalática, sua meta é reunir as seis Joias do Infinito, artefatos de poder inimaginável, e usá-las para infligir sua vontade macabra em toda a realidade. Tudo pelo que os Vingadores lutaram levou a esse momento – e o destino da Terra e da própria existência nunca esteve tão incerto.


Fonte da sinopse: legiaodosherois

Personagens:



Como sempre vou escolher apenas uma trinca dos personagens que acho que foram mais importantes para o desenvolvimento (até porque se fosse comentar sobre todos os personagens, a postagem ficaria enorme, e ninguém iria querer ler).

THANOS















Temos Thanos como vilão e personagem principal, o filme todo se resume a sua trajetória para encontrar as 06 jóias do infinito, e então realizar seu plano de conseguir acabar com metade do universo, visando fazer do universo um lugar melhor para se viver!
Eu gostei muito do jeito que o filme nos mostrou o Thanos, pois o jeito que colocaram esse personagem, fez com que nós que estávamos assistindo conseguíssemos entender o lado dele, entender o porquê ele fez tudo aquilo, e até mesmo se apegar a ele, Thanos não ficou sendo apenas o vilão clichê que vemos em todos os filmes de super-heróis, ele se tornou O vilão, aquele cara incompreendido que quer salvar o universo, só que de maneira muito dolorosa e radical.
E o filme conseguiu mostrar tão bem os pensamentos desse personagem, que acabou me fazendo aceitar pacientemente o final do filme, mesmo com 90% dos meus favoritos morrendo.
Obs: Thanos também nos rendeu várias cenas emocionantes, onde mostrava seus reais sentimentos, principalmente envolvendo sua filha Gamora.

Tony Stark, Homem de Ferro


Na minha opinião ele foi o Vingador mais ativo e mais importante da história, ele protagonizou várias cenas importantes ao lado do Dr. Estranho, que estão na minha mente até agora, de tão boas que foram, e basicamente ele e Thor foram os únicos vingadores realmente ativos (já que Hulk simplesmente se recusou a aparecer, após ter levado uma surra do Thanos ~apesar de que isso até foi bom, pois deu mais destaque ao Dr. Banner, deixando com que ele participasse mais, e fosse menos ofuscado; Gavião Arqueiro nem deu as caras no filme, Capitão América e Viúva Negra passaram o tempo todo lutando contra gente irrelevante enquanto tentavam proteger Wanda e Visão, etc)... Ah outra coisa que vale lembrar, é que ao lado de Tony Stark e Dr. Estranho, também estava o Homem-Aranha, que até teve uma participação bacana no filme, e teve uma das mortes mais tristes devido a suas falas finais.
Enfim, Tony Stark continuou sendo o Tony Stark, fazendo suas piadas durante todo o filme, sendo debochado e sendo relevante o tempo todo #vida longa ao Tony Stark... E o melhor de ter Tony Stark, foi ter Tony Stark lutando ao lado de Dr. Estranho que é igualmente icônico, e já fazem o filme valer a pena só por estarem nele!

Thor

Para fechar a trinca de personagens que merecem ser comentados, temos Thor, que já começa o filme se ferrando legal, levando uma surra (a ponto de quase morrer) de Thanos e seus aliados (sendo salvo nos últimos segundos), e vendo seu irmão Loki morrer logo nos minutos iniciais (POXA MARVEL, PRECISAVA MATAR MEU LOKI?! SUA TRAIÇOEIRA!), e após ser salvo por seu coleguinha que eu esqueci o nome (quem lembrar deixa aí nos comentários), ele se junta aos Guardiões da Galaxia, mais especificamente ao Groot e ao Rocket, para conseguir um machadinho novo (que era para ser o martelo) para então tentar lutar contra Thanos, porém após conseguir seu machadinho, ele parte para Wakanda pra dar uma forcinha aos Vingadores que estão por lá, e as cenas dele chegando lá são realmente icônicas... A única coisa que tenho a dizer sobre ele, são que basicamente ele evoluiu muito desde Thor Ragnarok para Vingadores 03, e que sua presença no filme foi muito legal (principalmente quando estava perto de Peter Quill que ficou enciumado por causa do bonitão haha)...


Outras menções honrosas


-Drax: ele não teve exatamente um papel super importante no filme, mas todas as suas cenas foram icônicas e engraçadas, fazendo com que ele se tornasse um dos personagens mais memoráveis do filme.
-Peter Quill, Senhor das Estrelas: ele como sempre passou o filme sendo divertido, e procurando por Gamora (após ela ter sido levada por Thanos), mas sua menção honrosa é simplesmente pelo fato dele ter destruído a melhor chance dos vingadores terem vencido.
-Dr. Estranho: já citei ele lá em cima junto com o Tony, mas cito de novo, pois sua participação foi muito importante, e acabou nos deixando em duvidas para o 4º filme da franquia: "Por que ele entregou a jóia para o Thanos poupando a vida de Tony Stark, sendo que ele no inicio do filme disse que não faria isso? O que foi que ele viu que o fez mudar de idéia?", além de ter algumas das melhores cenas de lutas!
-Visão e Wanda: a participação desses dois foi muito importante, embora eles tivessem cenas bem limitadas, devido a ele não poder entrar em confronto com Thanos e ela estar passando por um momento difícil onde tem que escolher entre salvar o universo, ou deixar o amor de sua vida vivos, e talvez por isso ela tenha tido uma das cenas mais emocionantes do filme.

O FILME EM SI


Assim como em "Thor: Ragnarok", eu senti que o filme foi um sucesso, se tornou tão bom, mais pelos seus diálogos do que pelas cenas de luta em si, pois as cenas com confrontos, eram limitadas e num geral eram bem curtas, e isso nem as torna ruins, pois elas iam direto ao ponto, sem muita enrolação, mostrava o que tinha que mostrar e já era, e isso acaba deixando as cenas pouco memoráveis, mas senti que o filme foi bem menos afetado, do que "Thor: Ragnarok", pois os diálogos e cenas compensaram totalmente as cenas de ação mais contidas, e acabou que elas nem fizeram tanta falta, e nenhuma das cenas de confronto terminou com um "ué, mas foi só isso?", assim como aconteceu no filme do Thor e no filme anterior a essa "Vingadores: Era de Ultron".

E eu tenho para mim, que quem não gostou do filme foram as pessoas que esperavam por um final mais clichê, com o bem vencendo o mal, Homem de Ferro tomando cafezinho com os outros Vingadores, todo mundo comemorando, Thanos sendo preso/morrendo/ou sendo enviado para algum lugar muito distante, onde ele promete vingança, etc... E não por um final mais real e mais provável, que acabou sendo mais emocionante, a verdade é que nem eu esperava pela morte de tantos personagens importantes assim, eu estava esperando por uma ou duas mortes, não por metade do elenco morrendo.

Opinião final


Eu gostei muitoooooo do filme, achei que o desenvolvimento dele foi maravilhoso, apesar do elenco ser enorme, a maioria dos personagens conseguiram ter um aproveitamento no filme, e não se tornaram totalmente inúteis, teve muitas cenas emocionantes que valeram muito a pena, e o final foi realmente chocante, e surpreendentemente bom.

E honestamente, se você diz que "Vingadores: Era de Ultron", que contém um desenvolvimento lento e limitado, e que em grande parte serve mais para apresentar os novos personagens, é melhor do que o "Vingadores: Guerra Infinita", eu terei que discordar totalmente de você, e direi que você deve assistir esse filme novamente, pois você assistiu errado hahaha...


Nota final para o filme:
09,05.

Meu ranking:

Vingadores 01>> Vingadores 03 >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Vingadores 02.

FIM!

Espero que tenham gostado!

Sei que a postagem ficou enorme, mas não me culpem, o filme tem quase 03 horas de duração, então é difícil comentá-lo em poucas linhas, e vocês sabem que sempre falo demais haha...

Enfim, deixem aí seus comentários me dizendo o que acharam do filme, qual dos filmes da franquia é melhor, e o que acharam da postagem!

Até o próximo post!

~Kissus!

------------------------------------------

MOMENTO DIVULGAÇÃO NO FINAL DA POSTAGEM



Finalmente consegui postar outro cover! Dessa vez escolhi cantar a musica "Shall We Dance" do meu boygroup favorito, Block B, ela é animada e divertida, espero que gostem!
Obs: me ajudem clicando em "curtir" e se inscrevendo no canal!

quarta-feira, 25 de abril de 2018

Ultimas novidades + TAG: Se eu fosse...


Olá meus leitores favoritos desse universo, como vocês estão?
Como vocês podem notar, semana passada não teve postagem aqui no blogue, e pela primeira vez eu tive um motivo plaúsivel, que não fosse preguiça ou falta de criatividade, acontece que eu tinha machucado a mão direita, e fiquei impossibilitada de escrever aqui, buuutttt agora estou de volta, e estou cheia de criatividade para escrever coisas inúteis que não vai mudar nada na vida de ninguém, mas mesmo assim uns gatos pingados decidem ler haha (eu amo vocês que leêm minhas bobagens semanais), e como já faz um tempo que não posto nada pessoal aqui, decidi trazer a postagem mensal (que já está virando trimestral), e uma tag que achei por aí...

Então primeiro vamos as novidades!

Eu estava desanimada com a vida, mas finalmente comecei a me animar novamente


Nos últimos tempos eu não estava tendo empolgação para nada, queria gravar/cantar, mas nunca parecia que estava bom o suficiente (tanto minhas idéias para videos, quanto meu canto pareciam horríveis), queria dançar, mas passei a não me achar mais uma boa dançarina, voltei para a fase onde sou apenas “okay” em tudo (tanto no ballet quanto no hip-hop), queria escrever, mas a preguiça não me deixava... Enfim, tudo parecia chato ou parecia que não estava me esforçando o suficiente, mas aos poucos estou voltando ao normal, pelo menos já voltei a escrever e treinar meu canto para várias musicas diferentes, e sendo assim, aos poucos minha confiança na dança vai voltando, e acho que já me acostumei com isso, todo ano tenho essa fase que me desempolgo de tudo, mas sempre passa, então dessa vez vai passar de novo.

Esse ano vou me apresentar!


Quem acompanha o blogue a bastante tempo ou que me conhece bem sabe que anualmente participo de um espetáculo de ballet produzido pela escola onde estudo, e esse ano conseguirei participar novamente, e dessa vez terá mais de uma apresentação, pois Deus tocou no coração da minha professora, e ela vai nos levar para festival, por enquanto não vou dar muitas informações, mas saibam que vai ser lindo haha...

Completei um ano no estágio + Minhas aluninhas se apresentaram e me deixaram orgulhosa!


Agora já faz um ano que comecei a estagiar como professora de ballet junto com minha colega, e com isso percebi que estou ficando velha e que o tempo passa muitooooo rápido! Eu estou bem satisfeita com o estágio, e estou bem acostumada com as aluninhas, que conseguiram me deixar super orgulhosa com a apresentação que elas fizeram na festa de aniversário da acadêmia, elas dançaram lindamente e 99% delas se comportaram perfeitamente, mesmo com alguns imprevistos acontecendo (vide acabar a energia no meio do evento), enfim, queria postar fotinha delas aqui, mas como não tenho permissão é melhor evitar problemas hehe...

Pretendo gravar pelo menos 03 cover’s no próximo mês!
Infelizmente aconteceram várias coisas e eu acabei me afastando dos meus canais, mas no próximo mês as coisas serão diferentes, pois já comecei a me preparar para voltar a gravar vídeos, então fiquem de olho!
Obs: pra dar uma divulgada, deixo aqui o último cover que gravei!
Obs2: A Kpopper Fabulosa também irá voltar!

Fui no cinema assistir “Jogador Nº 1” e o filme valeu a pena!


A verdade é que fui no cinema duas vezes esse mês, e estou super feliz com isso, pois das duas vezes que fui, embora não tivesse muita variedade para escolher, ambos os filmes que escolhi valeram a pena (assisti um de desenho chamado “O Homem das Cavernas” e “Jogador Nº 1”), e esse segundo filme que vi foi tão bom que talvez ganhe postagem solo aqui no Quase Otome!
Obs: para as crianças, eu recomendo muito “O Homem das Cavernas”, pois é muito fofo e divertido!

Bom, chega de falar da minha vida, e vamos ao que importa!
TAAAAAAAAAAAGGGGGGGGGGGGG!

Gif aleatório de uma das personagens mais icônicas dos animes 💚

Eu achei essa TAG nesse blog >aqui<, e ela não tinha nenhuma regra ou créditos para o criador, então se alguém souber quem criou, deixe aí nos comentários, que eu atualizo com os créditos!

Se eu fosse...

Gif aleatório do Beelzebub por amo ele 💚 Oga Tatsumi meu eterno crush hahaha

Se eu fosse uma música: “Fire” ou “I’m the best” do 2ne1, pois gosto muito do sentimento que elas me passam.
Se eu fosse um mês: Setembro (é o mês do meu nascimento).

Se eu fosse um dia da semana: Terça-feira ou Sábado haha.
Se eu fosse uma hora do dia: 01:00, é um dos meus horários favoritos para escutar musica e assistir animes (a madrugada é confortável).
Se eu fosse uma estação do ano: Primavera (por causa do meu aniversário).
Se eu fosse um planeta: Saturno.

Se eu fosse uma direção: para frente, pois estou sempre pensando no futuro.
Se eu fosse um móvel: Cama, porque amo dormir, ou seria um aparelho de DVD, para poder exibir coisas bonitas, e filmes divertidos.
Se eu fosse um pecado: Preguiça, eu sou tão talentosa para algumas coisas, mas nunca treino pois sou muito preguiçosa, então acho que é o pecado que mais combina comigo.
Se eu fosse um sentido: Visão.
Se eu fosse uma pedra: não entendo nada de pedra.
Se eu fosse uma planta: talvez a erva cidreira, pois o chá dela é gostoso, assim como eu sou totalmente gostosa hahaha.
Se eu fosse uma flor: Cravo cor de rosa, na minha opinião o cravo é a flor mais 
bonita que existe, e ele na cor rosa representa a felicidade e a gratidão.

Gif aleatório do Oga e do Beel pois amo eles 💚

Se eu fosse um clima: embora eu goste mais do frio, acho que minha personalidade combina mais com o calor.
Se eu fosse um prato: Pizza.
Se eu fosse um instrumento musical: Piano, pois o som vindo dele é lindo.
Se eu fosse um elemento: Fogo.
Se eu fosse uma cor: Rosa.
Se eu fosse um animal: seria um cachorro ou um gato.
Se eu fosse uma sensação: Calor.
Se eu fosse um sentimento: Desespero, pois estou sempre desesperada para fazer as coisas, e acabo não fazendo por estar desesperada.
Se eu fosse um lugar: não tenho certeza sobre isso, mas talvez eu gostaria de ser uma cachoeira haha.
Se eu fosse um sabor: Brigadeiro, pois é gostoso tanto quente quanto frio.
Se eu fosse uma palavra: “conforto”, “alegria” ou “incrível”, são palavras bonitas haha...
Se eu fosse um objeto: Notebook.
Se eu fosse uma parte do corpo: Olhos.
Se eu fosse um número: 03, é meu numero favorito.
Se eu fosse um símbolo: talvez o céu ou a lua.

Gif aleatório da Teresa, pois ela é maravilhosa 💚

FIM!

Embora essa seja uma postagem mais pessoal, espero que tenham gostado, pois foi feita com muito carinho!
Semana que vem as postagens sobre animes/filmes/coisas aleatórias, irão voltar normalmente!
Até a próxima postagem!
~Kissus!

quinta-feira, 12 de abril de 2018

[Recomendação de filme - Review] Kimi No Na Wa (Your Name) é uma das melhores animações do século, segundo eu mesma



Olá meus lindos e queridos leitores, como vocês estão?

Hoje vim aqui recomendar para vocês um filme lindovilhoso, que tocou meu coraçãozinho, e que provavelmente também irá tocar o coração de vocês, de tão magnifico e surpreendente que ele é, sim, estou falando da animação Kimi No Na Wa (Your Name), que apesar de ter uma sinopse não muito chamativa, tem um dos melhores desenvolvimentos que já vi!

Então, vamos lá!

Sinopse:


"Mitsuha Miyamizu (Mone Kamishiraishi) é uma jovem que mora no interior do Japão e que deseja deixar sua pequena cidade para trás para tentar a sorte em Tóquio. Enquanto isso, Taki Tachibana (Ryûnosuke Kamiki), um jovem que trabalha em um restaurante italiano em Tóquio, deseja largar o seu emprego para tentar se tornar um arquiteto. Os dois não se conhecem, mas estão direta e misteriosamente conectados pelas imagens de seus sonhos."

Como sempre, primeiro irei falar um pouco dos personagens:

Mitsuha Miyamizu


Essa é nossa personagem principal, ela é meiga, doce e divertida, tudo na medida certa (digo isso, pois 90% das personagens femininas que são meigas/doces/fofas, geralmente são extremamente exageradas, e por isso ás vezes é até dificil se identificar com elas).
Mitsuha Miyamizu é basicamente uma garota que está cansada de ter uma vida tediosa numa cidade pequena, onde ela nunca tem quase nada para fazer e é sempre julgada pelos seus colegas de classe, já que é uma das pessoas conhecidas da cidade (por ser filha do prefeito e viver num templo). Eu não tenho muita coisa para dizer sobre ela, pois ela é uma adolescente normal, sem tirar, nem por, e é isso que dá a graça na história, é isso que nos faz se identificar com ela e se apaixonar pela personagem.
Obs: ela é uma adolescente normal, tirando pelo fato de trocar de corpo com um garoto quando dorme.


Taki Tachibana


Esse é nosso personagem principal masculino, que é totalmente o oposto de Mitsuha, ele vive uma vida agitada em Tóquio, e é um garoto mais explosivo, que não leva desaforo pra casa!
O Taki é apaixonante, e na minha opinião suas cenas são as que mais chamam atenção no filme (principalmente as que ele está no corpo da Mitsuha, e mexe nos “seus seios” ao acordar, e sempre é pego no flagra pela irmã dela haha).


Yotsuha Miyamizu e Hitoha Miyamizu

Essas aqui são a família da Mitsuha, sua irmã Yotsuha e sua avó Hitoha (como eu costumo falar somente de uma trinca de personagens para não deixar a postagem muito longa, decidi falar das duas juntas, já que a Hitoha é importantíssima para a história, e a Yotsuha é a personagem icônica que todos deveriam conhecer). Enfim, Hitoha é a avó que faz papel de mãe da Mitsuha e da Yotsuha, e como uma avó ela é basicamente o simbolo da sabedoria e das tradições de família, e ela é uma das pessoas que ajudam a salvar o final da história, mesmo que de maneira semi-indireta, enquanto Yotsuha é a irmã menor carismática que nos faz rir sempre que aparece na tela e por isso merecia no minimo uma citação honrosa.

Enredo/Desenvolvimento


Quando li um pouco mais sobre o filme, estava esperando uma versão em animação  de “Se eu fosse você” (o que não seria ruim, já que adoro o cinema nacional), porém fui surpreendida com algo muito melhor, Kimi No Na Wa é mais do que um simples romance ou uma simples animação, ele é incrivel do inicio ao fim.
Começando pelos seus personagens que são magnificos, e que começam a lidar com a troca de corpos de maneira tão natural e sutil, que chega a ser surpreendente (e em alguns momentos nos faz desejar que a troca de corpos não pare de acontecer), e o desenvolvimento é tão impressionante que eu simplesmente não consigo encontrar palavras para descrever.
Você fica preso na história, e passa a torcer pelos personagens o tempo todo, e a história é cheia de reviravoltas, sempre nos pegando de surpresa, fazendo com que fiquemos confusos e maravilhados em várias cenas diferentes. E apesar de tudo isso, ele consegue terminar de maneira perfeita, tirando todas nossas dúvidas e causando até um certo alivio e satisfação em pessoas como eu, que ficam loucas em cada cena e sentem como se fosse o próprio personagem vivendo tudo aquilo haha...


Obs: outra coisa que queria muito dar destaque e elogiar, são os cenários super realistas e maravilhosos que compõem a história, é muito difícil não reparar neles, eles estão lindos.

Nota Final


A única nota que posso dar para esse filme é 10, ele foi muito bem produzido, o desenvolvimento e cenários são impressionantes, os personagens maravilhosos, e é um filme que consegue mecher com todas as nossas emoções (e eu como uma boa chorona, devia ter assistido o filme com um lencinho do lado, mas cometi o erro de não ter um comigo, e acabei terminando Kimi No Na Wa com o rosto todo inchado e molhado por minhas lágrimas kkk)

---FIM!---


Espero que tenham gostado, pois foi uma postagem feita com muito carinho!
Eu geralmente dou muito spoiller nos meus reviews, então dessa vez tentei maneirar mais e dizer apenas minha opinião sobre o filme, personagens, etc, então tomara que tenha ficado bom, pois é a primeira vez que falo sobre uma animação sem contar tudo o que acontece do inicio ao fim kkk...

Mas enfim, já assistiram Kimi No Na Wa (Your Name)? Se sim, gostaram? Se não, pretendem assistir? Conte me tudo nos comentários!

Até a próxima postagem!

~Kissus